Descomplicando vidas.


148962_10150807916433302_628253019_n_large


Sabe, sempre observo a maneira como as pessoas vivem suas vidas, e é frustrante saber que a maioria transparece que está simplesmente sobrevivendo a elas. Cada tarefa, decorrente da rotina ou simplesmente fazer um favor a alguém se torna um fardo pesado de se carregar. 
Basta observarmos duas pessoas conversando para percebermos a gravidade da situação. Disputa-se quem está mais cansado, quem acorda mais cedo, quem tem mais matéria para estudar, quem tem o chefe mais severo e qual serviço é mais massante de ser executado. Essa filosofia do "quanto pior, melhor" tomou conta dos diálogos de uma forma tão absurda que chega a ser preocupante. 

Não sei se as pessoas se acomodaram com a situação de conforto de alguém sentindo pena delas, ou se simplesmente são tão frustradas que infelizmente não conseguem enxergar um lado bom de cada situação. Acontece que o ditado "a grama do vizinho é sempre mais verde" está sendo trocado por "a minha grama é sempre mais marrom, seca, destruída, malcuidada, vejam só que coisa horrível". E tem quem se vanglorie disso.

Quando me vejo nesses diálogos sempre corto o assunto com "nossa, seu chefe faz isso mesmo? O meu não. haha" , "você precisa estudar isso tudo pra prova de amanhã? Ainda bem que minha matéria está em dia!", "acordou cedo hoje? Eu também, mas dormi cedo também e consegui descansar", "seu namorado idiota que te engana te deu um pé na bunda? Isso não é um término, é um livramento"... 

Não estou dizendo que qualquer conversa comigo será uma disputa de quem se sai melhor, mas pelo menos não quero comparar quem está na pior. Tenho minhas lamentações e também os meus problemas, mas filas de banco não são consultórios médicos e meu colega de trabalho não é pago para ser meu psicólogo. 

Todos sabemos que essa correria nossa de cada dia não é fácil pra ninguém, mas se Coldplay me permite, preciso citar um trecho de "The Scientist": Nobody says it was easy... No one ever said it would be this hard. Não, ninguém disse, e muitas coisas ainda não serão ditas e teremos que descobrir sozinhos. Mas eu te garanto que complicá-las vai tornar a experiência insuportável! 

Não estou defendendo a vida de aparências e nem que as pessoas finjam o tempo inteiro estarem 100% felizes ou postando "Sou só sorrisos" todos os dias nas redes sociais, mas estou acusando completamente quem adora complicar a vida. Se analisarmos quantas pessoas não podem estar em uma escola/faculdade, quantas estão desempregadas (desesperadas), conseguiremos tornar nossa rotina no mínimo agradável.  

224916_325101720905338_1537807414_n_large 



Essa é minha folosofia atual: DESCOMPLICAR VIDAS. Se vejo alguém complicando algo, já dou logo um jeito de enxergar algum lado bom, mínimo que seja, porque todos sabem que eles existem, mas por preguiça, ou medo, fazem questão de escondê-lo. Parei de usar roupas que por ventura me incomodem (mesmo que sejam aquelas etiquetinhas que ficam coçando, rs) e quando quero sair pra dançar o salto alto nem sai do armário. Sorrio para quem não conheço, pois sei que quando o fazem pra mim isso muda meu dia.

Descomplicando vidas, levantando do sofá do comodismo, agindo para mudar o que está me fazendo reclamar. Assim eu tenho lutado para conseguir contagiar a todos em minha volta (e implorando para que façam isso comigo quando tenho minhas recaídas nos muros das lamentações do dia-a-dia).

Vou colar pra vocês uma música que me inspira muito a descomplicar minha vida e a não estremecer mesmo quando o mundo quer me provar do contrário:

"Camarada, d'onde vem essa febre/Nossa alegria breve/Por enquanto nos deixou/Camarada, viva a vida mais leve/Não deixe que ela escorregue/Que te cause mais dor/Caixa d'água guarda a água do dia/Não cabe tua alegria/Não basta pro teu calor/Viva a tua maneira/Não perca a estribeira/Saiba do teu valor/E amanheça brilhando mais forte/Que a estrela do norte/Que a noite entregou/Camarada d'água/Fique peixe de manhã, de madrugada/Fique toda hora que for..." Camarada D'água - O Teatro Mágico (sou muito fã mesmo! <3)



p.s.: Tatah Fávero já descomplicou algumas vidas hoje, e você?

Comentários

  1. Amei esse texto!! Me fez refletir sobre o tanto que reclamo da minha vida desnecessáriamente.. muito bom mesmo e a música é ótima (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Letícia !! que bom que gostou, às vezes a gente acaba reclamando além da conta né? Bora descomplicar ! hahaha também amo essa música. Beijos e obrigada pela visita!

      Excluir
  2. Textos bons, fluentes, gostosos de ler! É assim que gosto de blogs, e você xará está mandando muito, afinal porque complicar algo que já pode ser complicado em si..viva!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas